Organização

Postado dia 13/01/2016 às 15:59:54

PASTORAIS, ORGANISMOS E MOVIMENTOS

      A caminhada da Diocese de Cornélio Procópio é do tamanho de sua humildade. Ao longo desses mais de 35 anos surgiram pastorais e movimentos que convoca os cristãos para a vivência mais comprometida da fé.

Nos primeiros anos não havia uma pastoral orgânica envolvendo todas as paróquias da Diocese. As atividades eram desenvolvidas mais em nível paroquial. Isso acontecia por vários fatores, entre eles: a dificuldade de comunicação e o número insuficiente de pastores e agentes.

      O despertar da consciência deu-se com a posse do 2º Bispo Dom Domingos, no dia 05 de agosto de 1.979. A partir de 1.980, a Diocese contou com o trabalho da Maria de Lourdes Souza, liberada para a pastoral. O coordenador Diocesano de Pastoral era o Padre Francisco Mazur, CM. Começa uma bonita página histórica dessa Igreja particular.

      Os Planos de Pastorais consolidam os esforços dos agentes: O I Plano e o Calendário Diocesano, que era apenas uma “apostila” de poucas páginas, foi elaborado pelo bispo, juntamente com algumas lideranças diocesanas e tinha como objetivo: “Comunhão e Participação”, tema com forte apelo do Concílio Vaticano II; o II Plano (1984-1987) destacou três prioridades: Grupos de reflexão, catequese e Formação de Agentes; o III Plano (1988-1991) assumiu Grupo de Reflexão como prioridade e contemplou três destaques: Família, Juventude e Pastoral Social; o IV Plano (1992-1995) reafirmou a prioridade e destaques do anterior; o V Plano (1996-2000) teve como prioridade os Grupos de Reflexão e Pastoral Familiar; o VI Plano de Ação Evangelizadora, para o período de 2000-2002, que pretendia: “a articulação da ação Evangelizadora, na aprimoração de Pastoral de Conjunto; reforçar o protagonismo dos leigos, através da Escola Teológica; dar atenção à Pastoral Social, com o objetivo do resgate da dignidade humana; realização da experiência das Santas Missões Populares; e por último, apoiar as comunidades Eclesiais de Base (Grupos de Reflexão) e a Família, através da Pastoral Familiar”; em 2003 o VII Plano teve como objetivo geral: “Evangelizar a nossa Diocese por meio do serviço, diálogo, anúncio e testemunho de comunhão numa renovada opção preferencial pelos pobres, promovendo a dignidade da pessoa, renovando a comunidade e participando da construção de uma nova sociedade”.

      Desde a sua criação até hoje a Diocese tem realizado significativa caminhada pastoral. Isso tudo levando em conta a situação social que atinge os agentes de pastorais e o povo de fé.

Atualmente a Diocese de Cornélio Procópio vive seu VIII Plano de Pastoral, que possui como objetivo: “Evangelizar a partir do encontro com Jesus Cristo, como discípulos missionários, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, promovendo a dignidade da pessoa, renovando a comunidade, participando da construção de uma sociedade justa e solidária, ‘para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10).

 

Eis os organismos, movimentos e pastorais presentes na Diocese:

Organismos: Secretariado Diocesano de Pastoral; Câmara Eclesiática; Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) Núcleo de Cornélio Procópio, MECE, Conselho de Leigos. Pastorais: Pastoral Catequética; Pastoral Carcerária; Pastoral do Adolescente; Pastoral da Comunicação; Pastoral da Criança; Setor Juventude; Pastoral da Pessoa Idosa; Pastoral do Dízimo; Pastoral Familiar; Pastoral Litúrgica; Pastoral Nipo-Brasileira (Panib); Pastoral Sóciotransformadora; Serviço de Animação Vocacional (SAV); Pastoral dos Surdos; Pastoral da Sobriedade; Pastoral da Acolhida; Pastoral da Saúde; Dimensão Missionária: Animação Missionária (COMIPAS); Infância Missionária; Grupos de Reflexão (CEBs). Escolas de Formação: Escola Teológica para Leigos (as); Escola Catequética Maria Evangelizadora; Escola Paulo Apóstolo; Escola de Evangelização Santo André; Escola do Setor Juventude. Movimentos e Serviços: Encontro de Casais com Cristo (ECC); Legião de Maria; Cursilho de Cristandade; Renovação Carismática Católica (RCC); Movimento Apostólico Schoenstatt; Apostolado da Oração; Congregação Mariana;Movimento dos Focolares (Obra de Maria).

 

Coordenação Diocesana PASTORAIS, ORGANISMOS E MOVIMENTOS

               

Bispo Diocesano - Dom Manoel Antônio Francisco 

3523-1057

 

Coordenador/ Ação Evangelizadora - Pe. Alcides Andreatta      

3553-1209

 

Cúria Diocesana

Vigário Geral     Pe. Orisvaldo José Calandro       3523-2173

Ecônomo            Pe. Paulo Sergio Kamarowiski   3524-1942

Chanceler           Maria Júlia Closs Rocha 3524-1942

Contador            Paulo César Primo          3523-9803

Jornalismo          Paulo Bueno                   43-996599496

 

Secretariado Diocesano de Pastoral         Pe. Élcio José 

                Secretária                                  Eurides Rocha Duarte  3524-1028

 

 

Bom Samaritano                                      3524-2078

                Presidente                                 Dom Manoel João Fracisco

                Vice-Presidente                         Claudinei Piai 3523-1056

                Coordenadora                                

 

Câmara Eclesiástica                                  Pe. Aparecido S. Francelino        3562-1225

                                                    

 


envie seu comentário »

Veja Também

Veja + Organização